Mídias

Cedrus se reorganiza e discute desenvolvimento rural sustentável - 15/04/2015

A reestruturação do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (Cedrus), que atua no desenvolvimento, monitoramento e acompanhamento da execução das políticas públicas no campo, foi o principal tema da 1ª reunião extraordinária do Cedrus, realizada nesta terça-feira (14), no auditório da Escola de Governo do Maranhão.

O secretário de Estado de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, que também é presidente do Conselho, participou da solenidade de abertura da reunião, saudando os conselheiros e destacando a missão da secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SAF) de planejar e executar políticas de desenvolvimento das comunidades do campo.

“A SAF nasceu do desejo do governador Flávio Dino de mudar a realidade social de milhões de agricultores maranhenses. Para cumprir essa meta temos que buscar um equilíbrio, com olhar especial para as pessoas, para a produção e à questão territorial”, disse Adelmo.

Ele também destacou o trabalho de parceria entre a SAF, Instituo de Terras do Maranhão (Iterma) e Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp), que estão unidas nas ações de fortalecimento da agricultura familiar no estado.

De acordo com a secretária executiva do Cedrus, Loroana Santana, o Conselho é composto atualmente por 32 membros de diferentes segmentos, do poder público e da sociedade civil organizada, e tem como foco a construção de políticas públicas sociais de desenvolvimento rural sustentável e solidário para o campo.

Para o secretário-adjunto da SAF, Francisco Sales, o Conselho, criado a partir do Decreto nº 21 de 25 de maio de 2005, é uma grande conquista para o Maranhão e a SAF passa a coordenar o Cedrus, configurando um novo momento de reorganização em sua história, que irá ampliar a participação popular e promover o desenvolvimento do meio rural, com políticas integradas.

“Vamos discutir no Conselho, além da agricultura familiar, a regularização fundiária, assistência técnica, educação, saúde, comercialização, segurança, enfim, todas as políticas que são importantes para o crescimento rural,” disse.

A reunião contou também com a participação do secretário de Desenvolvimento Territorial do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Humberto Oliveira, que fez uma apresentação sobre o tema “Ruralidade e Territorialidade no Maranhão”.

“Não podemos pensar em desenvolvimento de um estado pobre como o Maranhão apenas olhando para um município, precisamos juntar vários municípios e observar os biomas e a cultura do seu povo para concentrar ações que vão desenvolver esses territórios”, destacou o secretário enfatizando que o programa Territórios da Cidadania, do governo federal, é uma das ações para o desenvolvimento sustentável em cidades com baixo IDH.

Participaram também representantes de entidades governamentais da secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop); secretaria de Estado do Trabalho e Economia Solidária (Setres); Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Regional dos Lagos Maranhenses (Conlagos); Rede Nacional de Colegiados dos Territórios; Instituto de Agronegócios do Maranhão (Inagro); Instituto Agropolos; Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (Agerp); Conselho Estadual das Cidades (Concidades); Associação Estadual de Cooperação Agrícola (Aesca); Consórcio Público Intermunicipal das Mesorregiões Norte e Leste Maranhense (Conleste); e secretaria Municipal de Assistência Social de Peritoró.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social - Governo do Maranhão

Data: 15 de abril de 2015

Endereço: http://www.secom.ma.gov.br/2015/04/15/cedrus-se-reorganiza-e-discute-desenvolvimento-rural-sustentavel/